Regras para inscrições de Grupos de Trabalho no III Seminário Brasileiro de Museologia - SEBRAMUS

Grupos de Trabalho (GTs): Inscrições de 31 de março a 30 de abril de 2017 (Inscrições prorrogadas até 07 de maio de 2017)
Enviar propostas de GT’s para: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Os GTs constituem atividade de grande destaque na programação do evento, já que oferecem espaço para apresentação e discussão de pesquisas concluídas ou em estágio avançado de desenvolvimento. Sua função é reunir pesquisadores interessados em temas ou em abordagens teórico-metodológicas afins, proporcionando um momento adequado para o debate acadêmico. Exatamente por isso espera-se o devido empenho dos coordenadores e demais participantes dos GTs, de modo a garantir o bom andamento das atividades e a qualidade dos trabalhos.

A proposta de GT deverá ser elaborada por até três professores e/ou pesquisadores de museus, que coordenarão o GT, preferencialmente de estados diferentes. Caberá aos coordenadores avaliar e selecionar as comunicações inscritas no respectivo GT e definir a programação do grupo, sempre com o objetivo de garantir ampla participação e tempo necessário para apresentação, discussão e aprofundamento das questões suscitadas.

Os coordenadores, no momento de avaliação dos trabalhos inscritos no GT, devem observar os pontos anteriores bem como explicitar os critérios que foram adotados no processo de seleção.

Após a aprovação do GT pela Comissão Científica do evento, os coordenadores de GT deverão viabilizar a existência de, no mínimo, 10 trabalhos em cada GT.

Caso o GT não atinja o número mínimo de participantes, os coordenadores terão um prazo de 48 horas para se manifestar quanto à possibilidade de realizar a fusão com outro GT ou o seu cancelamento, sendo as comunicações já aprovadas submetidas a avaliação por outro GT.


Condições para a inscrição de propostas de GTs:

Os proponentes de GTs deverão:
Ter titulação mínima de mestre;
Pertencer a, no mínimo, duas e, no máximo, quatro instituições de ensino ou pesquisa diferentes;

As propostas do Grupo de Trabalho deverão conter:
Título;
Resumo (máximo de 300 palavras);
Justificativa da relevância do tema (máximo de 150 palavras);
Nome(s) do(s) coordenador(es);
Titulação e vínculo institucional do(s) coordenador(es);
Endereço, telefone e e-mail para contato;

 
1. As propostas de GTs devem ser inscritas através do e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
2. As propostas serão submetidas para aprovação do Comitê Científico do II 3º SEBRAMUS que levará em conta a sua consistência,
    o mérito acadêmico, relevância e clareza, bem como a experiência profissional dos proponentes.
3. O resultado será divulgado no site do III Seminário Brasileiro de Museologia no dia 15/05.

Além do respeito aos prazos e normas emitidos pela Comissão Organizadora do III SEBRAMUS, são atribuições dos coordenadores de GT:

Antes e durante a realização do evento:
Selecionar os trabalhos inscritos, mediante avaliação cega;
Distribuir os trabalhos que forem aprovados durante os dias e horários disponíveis para as sessões;
Organizar as sessões de modo a assegurar a diversidade de vínculo institucional e de titulação dos participantes;
Coordenar as atividades durante todo o grupo de trabalho.

Após a realização do evento:
Informar a Comissão Organizadora acerca de quais trabalhos foram efetivamente apresentados durante a realização do evento;
Receber e sistematizar as versões finais dos textos dos trabalhos apresentados durante o evento, para fins de publicação nos Anais, observando a adequação dos mesmos às regras de formatação e identificação dos textos exigidas.
Elaborar o relatório de atividades do GT, para fins de publicação nos Anais